O livro didático de matemática do Ensino Fundamental I e a ausência da flexão de gênero substantivada

Autores

Palavras-chave:

Gênero, Educação Matemática, Livros didáticos, Mulheres, Anos Iniciais do Ensino Fundamental

Resumo

Este artigo apresenta indagações no que se refere ao uso predominante da linguagem no gênero masculino em livros didáticos de matemática do terceiro, quarto e quinto anos do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino (RME) de Pinhais, localizado na Região Metropolitana de Curitiba no Paraná. A coleção de livros analisada é a utilizada pela RME em questão. Provocadas e provocado pela possibilidade de tensionar e promover reflexões sobre a norma gramatical que conforma, condiciona e define presenças e ausências, movidas e movido pelo anseio de olhar para um material aprovado para compor o Plano Nacional do Livro Didático - PNLD, buscou-se perceber se as mulheres são visibilizadas ou ainda permanecem na subrepresentatividade justificada pela inserção nos substantivos masculinos. A partir de reconceitualizações de gênero, enquanto categoria social e de configuração contingente, compreende-se a necessidade de suscitar diálogos que questionem discursos e vozes reverberados no interior da escola, em detrimento de outros. A problematização de determinadas conjunturas nas quais estão imbricadas relações de subalternização é preponderante, pois muito se tem pautado sobre as pluralidades e singularidades a serem contempladas nas abordagens e materiais pedagógicos adotados, haja vista o alto investimento de recurso público, bem como da importante utilização deste material no cotidiano das escolas.

Referências

BITTENCOURT, Circe (org.). O saber histórico na sala de aula. 7ª edição. São Paulo: Contexto, 2002.

DANTE, Luiz Roberto, VIANA Fernando. Ápis Mais. Matemática: 3º Ano. Ensino Fundamental - Anos iniciais. São Paulo: Editora Ática, 2021.

DANTE, Luiz Roberto, VIANA Fernando. Ápis Mais. Matemática: 4º Ano. Ensino Fundamental - Anos iniciais. São Paulo: Editora Ática, 2021a.

DANTE, Luiz Roberto, VIANA Fernando. Ápis Mais. Matemática: 5º Ano. Ensino Fundamental - Anos iniciais. São Paulo: Editora Ática, 2021b.

FERNANDES, Filipe Santos. Pelas bruxas de Agnesi no currículo: educabilidades de uma matemática no feminino. In: PARAÍSO, Marlucy Alves; CALDEIRA, Maria Carolina da Silva. Pesquisas sobre Currículos, Gêneros e Sexualidades. 2ª Edição. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2021, p. 139-152.

GOMES, Nilma Lino. Indagações sobre currículo: diversidade e currículo. Organização do documento Jeanete Beauchamp, Sandra Denise Pagel, Aricélia Ribeiro do Nascimento. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007.

KEHDI, Valter. Morfemas do português. São Paulo: Editora Ática, 1990.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. 16ª edição. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

LOURO, Guacira Lopes. Mulheres na sala de aula. História das mulheres no Brasil. Mary Del Piore (org.). 10ª Edição. São Paulo: Contexto, 2022.

PARAÍSO, Marlucy Alves; CALDEIRA, Maria Carolina da Silva. Pesquisas sobre Currículos, Gêneros e Sexualidades. 2ª Edição. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2021.

SCHMIDT, Maria Auxiliadora e CAINELLI, Marlene. Ensinar História. Pensamento e Ação no Magistério. São Paulo: Scipione, 2004.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3ª Edição. Belo Horizonte: Autêntica, 2022.

Souza, Jane Felipe de. Gênero e sexualidade nas pedagogias culturais: implicações para a Educação Infantil. http://titosena.faed.udesc.br/Arquivos/Artigos_gensex/SexualidadeInfantil.pdf, acesso em 08/09/2023.

SKOVSMOSE, Ole. Desafios da reflexão em educação matemática crítica. Trad. Orlando de Andrade, Jonei Cerqueira Barbosa. Campinas, SP: Papirus, 2008 – (Coleção Perspectivas em Educação Matemática).

SOUZA, Maria Celeste R. F. de; FONSECA, Maria da Conceição F. R. Relações de gênero, Educação Matemática e discurso: enunciados sobre mulheres, homens e matemática. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010.

Instrução Pública do Estado do Paraná. 1901. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/bitstream/handle/123456789/123700/1901_REGULAMENTO%20INSTRU%c3%87%c3%83O%20P%c3%9aBLICA_PR.pdf?sequence=1, acesso em 07/09/2023.

Downloads

Publicado

30-12-2023

Como Citar

GODOY, E.; SANTOS, N. F. dos .; PACHECO, D. R. O livro didático de matemática do Ensino Fundamental I e a ausência da flexão de gênero substantivada. Boletim GEPEM, [S. l.], n. 83, p. 215–238, 2023. Disponível em: https://periodicos.ufrrj.br/index.php/gepem/article/view/851. Acesso em: 1 mar. 2024.