PARA ALÉM DO ASSISTENCIALISMO E DA ESCOLARIZAÇÃO

as práticas curriculares com a experiência da infância e os desafios impostos à formação continuada

Autores

  • Sammy Lopes
  • Ghislaine Martins Tolentino UERJ

Palavras-chave:

Educação Infantil, Currículo, Formação Continuada

Resumo

O artigo propõe investigar os problemas que os (as) docentes da Rede Pública Municipal de educação infantil - RJ têm enfrentado para atender às singularidades prático-conceituais propostas pelas DCNEIs, 2009 e pela BNCC, 2016. A partir do entendimento das causas que têm dificultado a promoção das rupturas sugeridas pelos referidos documentos e de como tais causas se relacionam com o problema da formação continuada, buscaremos aferir como os (as) profissionais docentes têm conseguido, ocasionalmente, fazer uso de artifícios críticos e inventivos capazes de produzir currículos que buscam atender às propostas educadoras diferenciadas propostas. O artigo alinha-se à leitura Deleuzeana da obra “Ética” de Baruch Spinoza. Orientando-se metodologicamente pelo acompanhamento das cartografias dos modos de subjetivação traçadas pelas professoras. Espera-se que possamos ajudar a compor compreensões capazes de viabilizar a promoção de estilos de formação continuada mais efetivos.

Publicado

2023-11-18

Edição

Seção

Artigos e Ensaios